sexta-feira, 24 de julho de 2009

DICA LITERÁRIA

Para os que gostam de literatura e para os que não gostam mas são curiosos: vale a pena!
Indico aqui duas obras: Relações Perigosas, de Laclos, que retrata mulheres da França aristocrática decadente, e Como água para chocolate, de Esquivel, que retrata mulheres do México em tempos de revolução política.
Os dois livros viraram filmes devido ao reconhecimento do valor que têm. Ambos têm (além das masculinas) personagens femininas fortes, que mesmo neste mundo que as castra enquanto indivíduos, donas de sua própria vontade, encontram meios de viver sua subjetividade (ou sexualidade, poderíamos assim dizer).
É interessante o fato de um livro ser escrito por um homem e outro por uma mulher, pois isto altera a forma de ver o feminino. É importante deixar claro que mesmo o feminino vigente faz parte de uma criação do masculino visto que nós mulheres não tivemos espaço para opinar nesta construção. Mas há também o feminino na visão das mulheres. Será o mesmo?
Uma reconstrução está ocorrendo atualmente (embora tendo ocorrido durante toda a história, ganhou força nas últimas décadas). Mas para que tenhamos uma reconstrução significativa do feminino e seu papel em sociedade, nós mulheres temos de compreender nossos anseios e nossas maiores inquietações. Estas duas obras contribuem muito para isso!
Ressalto: Não são livros para mulheres! São livros para sujeitos que pensam a realidade na qual estão inseridos!
Obs.: maiores curiosidades ler texto Feminino & Masculino em http://www.incipiencianatural.blogspot.com/

Um comentário:

CIGANA DO ROCK CARLOS H. SILVA disse...

OBA!!!
BEM VINDA KARINA ESPERO QUE AGORA VOLTE MAIS VEZES!!!
ÓTIMA COMO SEMPRE!!
GRANDE BEIJO!!!